17/07/2016

Papa condena projetos de «terror e de morte»

Francisco manifestou solidariedade às famílias das vítimas e à população francesa, após atentado em Nice


Cidade do Vaticano, 17 jul 2016 (Ecclesia) – O Papa Francisco manifestou hoje publicamente a sua solidariedade à população francesa após o atentado de quinta-feira à noite em Nice, condenando quaisquer projetos de “terror e de morte”.

“Nos nossos corações está viva a dor pelo massacre que, na noite da última quinta-feira, em Nice, ceifou tantas vidas inocentes, mesmo de muitas crianças”, declarou, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro para a recitação da oração do ângelus.


Francisco disse estar próximo “de cada família” em luto e de toda a nação francesa, rezando para que “Deus acolha as vítimas na sua paz, apoie os feridos e conforte os familiares”.


“Que Ele dissolva qualquer projeto de terror e de morte, para que nenhum homem volte a ousar derramar o sangue do irmão”, acrescentou.


Falando de improviso, o Papa enviou “um abraço fraterno e paterno” a todos os habitantes de Nice e a toda a nação francesa.


O pontífice argentino convidou depois os presentes na Praça de São Pedro a rezar, em silêncio, pensando “nesta tragédia, nas vítimas e seus familiares”.


Na quinta-feira à noite, um camião avançou sobre a multidão na Promenade des Anglais, em Nice, ali reunida para assistir ao fogo-de-artifício que assinalava o Dia de França.


O último balanço das autoridades francesas aponta para 84 mortos e 202 feridos; o condutor do camião foi abatido pela polícia.


OC


 


Papa condena projetos de «terror e de morte»

Nenhum comentário :

Postar um comentário